Vem com a gente!

Sonhos



By  Coletivo Poesia Marginal     04:51:00    Marcadores: 

Hoje, depois que eu te vi,
Me deu vontade de ser raio de sol
Entrar pela janela, beijando o seu rosto,
Te descrever em versos
Na rima da canção, me arriscar
A invadir seu carro quando ligasse o som...
Pra variar...
Seria tão legal, se eu fosse a capa do jornal
Que você lê
De forma casual, eu no comercial
Quando ligasse a sua tv
Ser, a água do banho que lava
o seu cansaço, o bem estar...
Levar café na cama, um beijo de bom dia
Mas acabei de acordar... 



4 comentários:

  1. Adorei o poema <3 muito fofooooo! Adoro coisas fofas hahah

    ResponderExcluir
  2. Amei o poema!
    A forma leve e bem construída dele nos faz sorrir e desejar ser a pessoa amada deste poema.
    Os elementos, como o raio de sol, trouxe uma naturalidade e simplicidade, e ao mesmo tempo complexidade.
    Parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Vai ser redundância, mas vou ter que dizer: outra pérola do blog. Parabéns, Silmara! Curtinha, mas contundente em sua simplicidade e beleza. Uma pílula lúdica em um dia cinzento com hoje, rs.

    ResponderExcluir